6 de outubro de 2017

A importância do Eu

Vila Pouca de Aguiar, Portugal



É muito fácil incentivar outros a serem uma pessoa melhor, a sorrirem mesmo quando o que lhes vai na alma os só faça querer chorar, encorajar a seguir sonhos ou arriscarem a amarem alguém mesmo com medos. E quando se trata de nós mesmos? Já paras-te um segundo para te apreciares hoje? Para veres que vales a pena (vales mas é a galinha inteira!), para fazeres algo que tu gostas? Já sorriste para ti mesma/o e disseste que és bonita/o? Não? Então, minha cara, meu caro, continua a ler! 



A sociedade molda-nos imenso, há padrões para tudo, até para o dedo mindinho (faz de conta...se houver...eye roll), temos de ser de uma certa forma, fazer coisas de certa maneira...e pararmos um pouco? Tanta pressão em cima dum único humano, neste caso, cada um de nós (isso faz mais que um, mas tu percebes!) e acabas por sentir que não és capaz, que não vales a pena, que não tens os padrões de beleza exigidos, que não tens o equipamento caro para x atividade e por isso nem vale a pena começar. HELLO?! Tudo isto é estipulado por quem? Pela sociedade? Sabes uma coisa? Fazes parte da sociedade e vives a tua vida à tua maneira! 

Desde que não magoes ninguém, não coloques ninguém nem a ti em risco, és mais do que livre para seres quem tu és! Se te apetece ser uma sereia no meio da Gucci, és! Na tua vida e na tua felicidade mandas tu, mais ninguém! 

Ah, os padrões de beleza, ora bolas, não tens 1 metro e x, olhos azuis, o corpo esbelto...aff...nem eu, eu nem sei classificar a cor dos meus olhos que ora estão escuros como a minha alma (inserir factor de humor) ora estão verdes como os maus cheiros no sims (inserir fator de humor 2.0), sou alta, ok e bullshit quando compro calças e as mesmas na foto chegam ao pé e comigo chegam acima do calcanhar (a marcar novas modas todos os dias), sou gorda, (I'm not fat, I'm fluffy!) e para Portugal calço um número acima do normal aparentemente, um 40/41, acreditem já fiquei tão frustrada que sai de sapatarias com a lágrima no canto do olho porque o calçado que eu mais gostava chegava só ao 39...custa assim tanto chegar ao 41? Ugh! uns dias visto-me como uma princesinha de escritório, toda fancy e shit, e noutro já pareço uma rockeira pronta a arrebentar uma rock party, oh yeah, não tenho um estilo estipulado, sou eu mesma e basta, e é precisamente isso que quero transmitir hoje. 

Sim, estou a perder peso, não para agradar a sociedade mas para preservar a minha saúde. Eu hoje estou bem, mas amanhã tudo pode mudar e se hoje tenho a oportunidade de cuidar de mim, porque não o fazer? Se com a minha caminhada inspirar outros, que assim seja, bem-vinda/o à lá famelga! 

Ora bem, vamos agora, quinhentos anos depois, ao que interessa, TU VALES A PENA! E mereces ser feliz a tua maneira, a não ser que a tua felicidade venha de coisas muito esquisitas, nesse caso...há psiquiatrias a tua espera (Não torçam o nariz, eu sempre tive uma pequena veia creepy e de humor, deixem-na soltar-se e riam-se das minhas piadas...secas). Faz um favor a ti mesma/a e valoriza-te, a partir do momento em que pegas em ti (não ao colo que isso nem é possível) passo a passo fazes da tua vida a TUA vida e sentir-te-as cada vez mais realizada/a. Faz o que gostas, ama, ri, experimenta coisas novas, mas acima de tudo, respeita-te e ama-te! TU MERECES! 

Xoo, vai cuidar bem de ti e partilha este texto se achas que é merecedor de chegar mais longe. (Ajudas-me a chamar mais pessoal pra famelga?) 

E não te esqueças, move da butt! 
(Shake that booty Oh yeah!)

7 comentários

  1. Como eu amei ler este post. Soube bem para acabar bem a semana.
    Beijinhos!
    https://grandesonhadorablog.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. Este assunto é muito importante, porque muitas vezes esquecemo-nos de nos colocar em primeiro lugar. Não é egoísmo, é amor próprio. E cada vez tenho mais a certeza de que se não pensarmos primeiro em nós, não vamos conseguir cuidar dos outros da melhor maneira, porque vamos acabar por procurar neles aquilo que sentimos a faltar em nós

    ResponderEliminar
  3. Aplaudo de pé o teu post!
    Náo devemos nunca esquecer que antes dos outros, estamos nós. E como alguém disse acima, não é ser egoista mas sim ter amor próprio!

    Beijinho
    Porty's Diary | Facebook | Bloglovin | Blogs Portugal | Twitter

    ResponderEliminar
  4. identifico-me com mesmo muita coisa! especialmente pelas calças acima do calcanhar e as sapatarias que só chegam ao 39... agora acho que já é mais fácil arranjar sapatos, mas quando tinha 12 anos (há 15 anos) eu chorava :/

    beijinhos, querida, és especial!
    http://barbarareviewsbooks.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Gostei imenso do teu blog. ^Parabéns!!
    Quanto ao post, está um espetáculo..

    http://pipaboavaiela.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  6. Love your post dear ♥
    If you want check out my blog.I write about fashion,beauty and lifestyle.Maybe we can follow each other and be great blogger friends !

    http://herecomesajla.blogspot.ba/

    ResponderEliminar

↠Comenta à vontade deixando a tua opinião. Eu terei todo o gosto em ler e responder aos teus comentários aqui no blog.
↠ Deixa o link do teu blog para que eu te possa seguir e dar a minha opinião nos teus posts.

↠Comentários desrespeitadores serão automaticamente removidos.

↠A tua visita no meu Blog é extremamente importante para mim, obrigada desde já por estares aqui! ♡

Latest Instagrams

© Sónia David. Design by Fearne.